Como fazer um lançamento “matador” para seu produto B2B

Lançar um produto no mercado é, sem dúvida, um dos momentos mais emocionantes de qualquer empresa. Um dos mais estressantes também. Você quer que todos o conheçam, tenham contato com sua ideia, propósito, principais funcionalidades, etc. Colocá-lo em circulação diz muito mais do que proporcionar uma opção de compra. Significa – ou deveria – que ele tem uma “alma” diferente dos concorrentes.

É clichê, mas não há como não lembrar do lançamento do primeiro iPhone em 2007 pelo “senhor” Steve Jobs. Digo isso pois, se você é também empreendedor, provavelmente a assistiu em algum momento – se não essa é hora: link – Talvez a última grande inovação que o mundo viu teve uma apresentação à altura e a levo como o exemplo quando penso em um lançamento ideal de um produto.

Mas o iPhone é para todos – entenda isso por ser uma ferramenta utilizável por pessoas físicas e empresas. E quando o produto é exclusivamente B2B – como fazer um lançamento matador é definitivo ao mercado? O trabalho de uma ou algumas verticais traz tanto ou mais desafios para se fazer as melhores escolhas de comunicação. Por isso, trago aqui 9 dicas para os empreendedores e profissionais dentro de empresas realizarem um lançamento digno de um Oscar.

Vamos a eles:

1.  Crie um produto “Must Have”

Para começar, te pergunto…quantos serviços você comprou e não vive mais sem? Aposto que pouquíssimos, sabe por que? A grande maioria do que consumimos está na ala “Nice to Have” ou em bom português “bacana de se ter”. Para não cair nessa vala comum, crie um produto que traga verdadeira mudança no setor ou atividade ao qual é direcionado. Assim você tem mais chances de alcançar o “must have” ou “preciso tê-lo”.

2. Engaje influenciadores o quanto antes

Antes que o produto esteja pronto para um review ou mesmo demonstração, tenha a iniciativa de começar discussões em torno de seu produto. Envolva influenciadores, formadores de opinião e blogueiros da sua indústria. A ideia aqui é gerar não só interesse no público consumidor como neles próprios pois, se a proposta de valor do produto é interessante, ela chamará a atenção deles.

Não é por isso que “logo de cara” você deve dar a eles toda a informação sobre o produto. Se o objetivo é criar buzz em torno das possibilidades. Se contar tudo de uma vez, perderá o impacto que o lançamento pede. Por isso pense sempre que trazer um ar de mistério e especulação atrai seu público para saber mais no momento seguinte.

Este é o lugar onde um bom relacionamento com a imprensa pode entrar em jogo. Se você ainda não estabeleceu um bom relacionamento com jornalistas e blogueiros em sua indústria, então essa é a hora. Planeje com antecedência, e enquanto o seu produto ainda estiver em fase de desenvolvimento crie ou reforce seus relacionamentos de mídia. Pode apostar, quando estiver pronto para iniciar, você terá quem queria te ouvir.

Outro fato importante aqui é o timing. Por isso já aviso tenha seu produto bem guardado antes de envolver a mídia no processo. Imagine os problemas que poderiam surgir se os jornalistas informassem sobre um recurso que será retirado do projeto. Você também não quer que a mídia se concentre nos pontos negativos e incompletos da solução, não é?

3. Promova uma experiência – não apenas um evento

O lançamento de um produto deve ser uma experiência para todos os envolvidos. Não, eu não estou dizendo para que tenha um show de pirotecnia. Mesmo com um orçamento apertado, você pode criar uma experiência inesquecível para o seu público. Há, porém uma série de fatores que você deve levar em consideração ao planejar um evento. Por exemplo:

  • Qual é o seu objetivo – cobertura de mídia, reconhecimento de marca, aumento de vendas, distribuição de produtos?
  • Quem será o seu público – a mídia ou colegas dentro da sua indústria?
  • Seria melhor em uma localização física ou como um evento online?
  • Onde está localizado o seu público?

Uma boa dica é dar às pessoas um incentivo para participar. Traduzindo, pode ser o uso do produto em primeira mão ou mesmo um desconto de produto oferecido aos participantes. Seja qual for o seu público, tente trazer algo considera ter um real valor. Ligar seu evento ao apoio a uma causa é também uma boa estratégia – não só de negócios mais de branding, pois traz mais humanidade ao projeto.

E há apenas uma pessoa que tem moral suficiente para apresenta-lo:  o CEO da empresa. Ele ou ela deve estar na frente e no centro para gerar a emoção e o impacto necessários.

4. Crie um suspense

O segredo alimenta a excitação – é um princípio básico da psicologia humana. Quanto mais bem guardado for, mais as pessoas irão querer saber a respeito. Siga a estratégia de soltar informações ao mercado como teasers – o suficiente para continuarem envolvidas – até chegar o grande momento.

5.Faça suas campanhas focadas no usuário

Crie valor na mente do seu usuário. Como seu produto beneficia o dia a dia dele? Quais recursos são projetados ao usuário? Quais tarefas serão mais fáceis? Todas as suas campanhas e conteúdo devem ter foco no usuário e nas suas necessidades. Se você pensa em fazer um resumo detalhado das especificações do produto por favor, repense sua estratégia.

6. Encontre o timing ideal

Você pode ter criado o produto mais revolucionário, mas se o seu timing de lançamento estiver em desarmonia com outras datas importantes do calendário, seu lançamento pode ser sim um fracasso.

Dica: Evite programa-lo em uma data próxima de eventos conflitantes, como feriados, grandes eventos mundiais ou durante o lançamento de outras marcas populares.

7. Gere interesse para o produto nas redes sociais

As redes sociais são ideais para promover lançamentos pois te proporciona a chance de manter sua audiência engajada e ávida por mais detalhes sobre seu produto. Enquanto as empresas B2B já utilizam o LinkedIn e Twitter para campanhas sociais, redes como o Facebook e Instagram são ótimas avenidas para promoção.

Para além isso, também são uma ótima maneira de envolver seus clientes no processo criativo. Antes do seu produto entrar no estágio de fabricação, pergunte ao seu público quais os recursos que eles gostariam de ver em um novo produto. Isso vai além entender as necessidades deles, cria uma conexão emocional com o seu produto, essencial para que acreditem na sua proposta.

8. Produza conteúdos sobre seu produto

Conteúdo é fundamental para manter a atenção do seu público. Como as pessoas geralmente processam a informação visual com mais facilidade do que o conteúdo somente de texto, a tática ideal é encontrar um equilíbrio entre os formatos.

Algumas opções são:

  • Imagens
  • Infográficos
  • Slideshares
  • Vídeos
  • Artigos de opinião
  • Conteúdos para a imprensa

Não tenha medo de abraçar novas estratégias de conteúdo pois podem ter dar a vantagem competitiva que precisa nesse momento de chegada ao mercado. Outra tática cada vez mais eficiente é a a da transmissão ao vivo via redes sociais. Recentemente eu escrevi – link do artigo – sobre o potencial desse formato de conteúdo que tem ganhado cada vez mais adeptos, também em função do próprio Facebook incentivar abertamente seu crescimento.

9. Aproveite o pós-evento

O que você faz após o lançamento pode ter tanta influência quanto o próprio evento em si. Pense, o evento não pode se limitar a apenas as pessoas que lá estiveram presencialmente, certo? Com certeza, muitas outras queria ter ido mais não puderam por alguma razão. Por isso, no que chamamos de pós-evento você tem uma chance de ouro para espalhar o impacto do seu produto ainda mais.

Por que não investir em uma transmissão – como disse acima – via Facebook Live, por exemplo? Por coincidência ao tema, um dos nossos clientes da Híbrida Comunicação, agência de PR, conteúdo e consultoria que fundei há alguns anos é o ClapMe, a primeira plataforma de transmissões ao vivo do Brasil. Recentemente eles inauguraram seu braço de projetos B2B, a ClapMedia, onde eles trazem qualidade de TV a lives no Facebook. Essa transmissão pode ficar gravada na íntegra, dando a chance de outras pessoas assistirem a ela quando quiserem.

Enfim, crie e compartilhe conteúdo (sejam eles postagens em um blog, vídeos ou infográficos) sobre seu produto ou serviço e sobre o que foi discutido no lançamento. Não se esqueça do poder do conteúdo gerado pelos usuários. Incentive as pessoas a compartilhar sua experiência do lançamento nas mídias sociais e, em seguida, destaque essas experiências em seu próprio conteúdo.

Highlights para não esquecer

  • Crie um produto “must-have”, e não um produto “nice-to-have”.
  • Ofereça algum incentivo para que o lançamento do seu produto seja uma verdadeira experiência.
  • Foque sua comunicação na experiência do usuário e não no produto – e use as mídias sociais ao máximo.
  • Não se esqueça de continuar buscando formas de impactar a sua audiência no pós-evento.

Agora que você tem uma noção de como lançar um novo produto para o mercado B2B você entendeu que, no fim do dia, estamos lidando sempre com pessoas. São elas que vão comprar de você, por que então não focar nelas?

 

 

Post by Lucas Paschoal

Lucas é jornalista e fundador da Híbrida Comunicação, agência de comunicação que atua como assessoria de imprensa, relações públicas, consultoria e produtora de conteúdo voltada a startups, PMEs e profissionais liberais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *